Angola Economic 
Outlook 2024

“Segurança alimentar:
  Realidade, Desafios e Oportunidade”

21 DE MAIO

HOTEL EPIC SANA, LUANDA – ANGOLA
HORÁRIO 8:30 – 13:00 

Angola Economic Outlook 2024
“Segurança alimentar: Realidade, Desafios e Oportunidade”

Desde o ano passado, o Governo de Angola, através da Equipa Económica, em parceria com a revista Economia & Mercado, tem realizado o Angola Economic Outlook (AEO), que se traduz num novo formato de comunicação, análise da situação social e macroeconómica do país e partilha de ideias com os operadores económicos e parceiros internacionais. Esta plataforma vai-se tornando, assim, num espaço privilegiado para a aproximação das partes, bem como tem servido de Barómetro da economia nacional, na medida em que nela são apresentadas a Visão, os Objectivos e as Perspectivas Macroeconómicas do País.
As perspectivas económicas para o país são optimistas, mas prevalecem desafios e incertezas a nível global e que poderão contrapor o bom desempenho da economia nacional. Assim, urge a necessidade de Angola definir e discutir as estratégias para assegurar que os programas que visam o aumento da produção e a diversificação económica, visando a segurança alimentar, não sejam afectados pela conjuntura internacional.
Neste sentido, terá lugar a III Edição do Angola Economic Outlook, subordinado ao tema "Segurança alimentar: realidade, desafios e oportunidades". Mais do que uma conferência, o Angola Economic Outlook é um exercício de comunicar ao país, as acções e programas de forma franca, construtiva e contributiva. Por isso, à mesma mesa, decisores públicos, gestores privados, analistas e acadêmicos sentam-se para olhar para o país real, os números, os alcances e os desafios que ainda persistem.

Agenda

8:30 - BOAS VINDAS | WELCOME
MC Benedito Kayela 

08:45 - DISCURSO DE ABERTURA | OPENING SPEECH 
José de Lima Massano - Ministro de Estado para a Coordenação Económica | Minister of State for Economic Coordination


9:00 - PRELECÇÕES | LECTURES
PAINEL I | PANEL I
DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO RECENTE (2023) E PERSPECTIVAS MACROECONÓMICAS PARA 2024
RECENT ECONOMIC DEVELOPMENT (2023) AND OUTLOOK MACROECONOMICS FOR 2024

Victor Hugo Guilherme - Ministro do Planeamento | Minister of Planning
Vera Daves de Sousa - Ministra das Finanças | Minister of Finance

Moderador | Moderator: Sebastião Vemba - Director da Revista Economia & Mercado | E & M Magazine Director


9:45 - COFFEE BREAK

10:00 - PAINEL II | PANEL II
SEGURANÇA ALIMENTAR: DESAFIOS E OPORTUNIDADES
FOOD SAFETY: CHALLENGES AND OPPORTUNITIES

Carlos Borges - Sócio e Head of Advisory da KPMG - Angola | Partner and Head of Advisory of KPMG - Angola

MESA REDONDA | ROUND TABLE

António Francisco de Assis - Ministro da Agricultura e Florestas | Minister of Agriculture and Forest
Carmen do Sacramento Neto - Ministra das Pescas e Recursos Marinhos | Minister for Fisheries and Marine Resources
Rui Miguêns de Oliveira - Ministério da Indústria e Comércio | Minister of Industry and Trade
David Maciel - CEO da Carrinho Agri | CEO of Carrinho Agri
João Fonseca - Administrador Executivo do BAI | Executive Director of BAI
Wanderley Ribeiro - Presidente da AAPA - Angola | President of AAPA - Angola

Perguntas e Respostas | Questions and answers

CONCLUSÕES | CONCLUSIONS



13:00  - ENCERRAMENTO | CLOSING

Assista a Conferência

Em direto no nosso canal de Youtube

PAINEL I

Victor Hugo Guilherme
Ministro do Planeamento

Tem cerca de 35 anos de experiência de nível sénior, incluindo trabalho técnico e estratégico no sector do planeamento do desenvolvimento, bem como em gestão de projectos sociais de alto impacto. Mais recentemente foi Secretário do Presidente da República para os Assuntos Económicos, antes desempenhou a função de Assessor Económico e Social do Vice Presidente da República, depois de ter sido Director do Gabinete de Planeamento e Monitorização dos Órgãos de Apoio do Vice-Presidente. Victor Hugo Guilherme ocupou, igualmente, o cargo de Director Nacional de Planeamento de Desenvolvimento Territorial, depois de ter sido co-fundador e Director do Fundo de Apoio Social (FAS), durante 13 anos. É economista, Mestre em Economia de Planificação Regional, pela Academia de Economia de Poznan, Polónia, Especialista em Administração do Território: descentralização e desconcentração, diplomado pelo Instituto de Administração Pública de Paris, França.  

Vera Daves de Sousa
Ministra das Finanças

É licenciada em Economia pela Universidade Católica de Angola (UCAN). Exerce o cargo de ministra das Finanças desde 2019, tendo sido reconduzida ao cargo para o mandato 2023-2027. É a primeira mulher a ascender ao cargo de Ministra das Finanças no País. Antes da sua nomeação, foi Secretária de Estado das Finanças e da Tesouraria.
A governante tem qualificações em Técnicas e Práticas Bancárias pelo Instituto de Formação Bancária em Portugal e em Mercados de Derivados e Obrigações pelo ICAP. Exerceu funções de Técnica Financeira na Sonangol ESSA, como Directora dos departamentos de Produtos e Investigação do Banco Privado Atlântico. Foi coautora de um livro sobre Finanças Públicas. 

PAINEL II

Carlos Borges 
Sócio e Head of Advisory da KPMG Angola

Tem quase 30 anos de experiência em consultoria.
Entre 1994 e 2006 foi consultor internacional. Foi Sócio-fundador de uma consultora de 2007 a 2017. Foi Administrador Executivo de um Banco Público em Angola de 2017 a 2019. Foi Secretário de Estados dos Transportes de 2019 a 2022.
Como experiência profissional conta com experiência na gestão e transformação estratégica e operacional de empresas públicas e privadas, no sectores da banca, energia, águas, sector aéreo e sector marítimo e portuário.
Liderou e participou em inúmeros projectos natureza estratégica e de transformação operacional. Teve também envolvimento em projectos de reestruturação em Portugal e Angola. 

António Francisco de Assis
Ministro da Agricultura e Florestas

É licenciado em Ciências Agrárias na especialidade de Produção de Vegetais pelo Instituto Superior de Ciências Agrárias de Havana, Cuba. Tem os cursos de Análise e Gestão de Projectos Agroindustriais no CIFAG, Portugal; e de Cultivo e Mecanização da Cana-de-açúcar, nos Estados Unidos da América.
Foi ministro da Agricultura e Florestas de 2019/2020 e Ministro da Agricultura e Pescas em 2020/2022. Entre outras funções e cargos, foi consultor do Ministro da Economia e Planeamento e PCA do Instituto Nacional de Apoio às Micro, Pequenas e Médias Empresas (INAPEM). 

Carmen do Sacramento Neto
Ministra das Pescas e Recursos Marinhos

É licenciada em Biologia pela Faculdade de Ciências da Universidade Agostinho Neto e tem Doutoramento em Biologia Marinha e Aquacultura pela Universidade de Lisboa, Portugal. Foi Coordenadora da Comissão Instaladora da Universidade do Namibe; Coordenadora da Comissão de Instalação da Academia de Pescas do Namibe; Directora Nacional de Formação Graduada (Ensino Superior) e Directora Nacional do Instituto de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior
De 1988 até à data presente, é Professora Catedrática. Foi ainda Investigadora Principal em vários projectos nacionais e internacionais; coordenadora para Angola do Fórum de Energia e Clima da CPLP e apresentadora do Programa “Hora de Agir”. 

Rui Miguêns de Oliveira
Ministério da Indústria e Comércio

Licenciado em Economia pela Universidade de Havana, Cuba, Rui Miguêns tem uma vasta experiência na banca, tendo exercido funções de elevada responsabilidade no sector.
Com uma formação académica e profissional internacional de referência, destacando-se os cursos de Gestão de Finanças Públicas pela Harvard University, Massachusetts e Gestão de Riscos e Análise de Projectos Públicos, Duke University da Carolina do Norte, EUA, e ainda de Programação Financeira e Análise de Políticas do Banco de Portugal e Instituto do FMI, Lisboa, Gestão de Reservas – First National Bank de Pretória, África do Sul, Operações Monetárias e Cambiais – Instituto do FMI, Washington, EUA, e Gestão de Reservas e Política Cambial – ESADARM/FMI – Kadoma, Zimbabwe, importa ressaltar que o actual Ministro da Indústria e do Comércio foi também consultor e Vice-Governador do Banco Nacional de Angola.  

David Maciel
CEO da Carrinho Agri

Especializado em Agronomia, pela escola Superior Agrária de Bragança, em Portugal e Mestre em Gestão de Empresas. Trabalhou durante 15 anos na Universal Leaf, tendo iniciado a sua carreira como agrónomo de fomento, passou para gestor de divisão e produção de áreas agrícolas e sector familiar, atingindo o estatuto de Vice-Presidente de operações de produção na Ásia. É recrutado pela Phillipe Morris International onde trabalhou como Director Regional de Agronomia na Ásia baseado nas Filipinas, onde após 3 anos é transferido para o Brasil onde fica a gerir o maior projecto de mecanização e produção de tabaco e rotação de diversas culturas, na zona do nordeste. Aliado a este percurso há também uma vasta experiencia na implementação de projectos de responsabilidade socioambiental. 

João Fonseca
Administrador Executivo do BAI

João Cândido Soares Moura Oliveira Fonseca iniciou a sua carreira em 1993 tendo trabalhado para empresas de auditoria de renome como Deloitte, KPMG e Ernst & Young. O seu primeiro contacto com o BAI foi em 1998, precisamente num trabalho de auditoria externa, tendo ingressado nos quadros do Banco como auditor interno no período 1999-2001. De 2001 a 2003 teve breves passagens num outro banco e numa holding em funções de controlo financeiro, tendo posteriormente, de 2004 a 2007, desempenhado as mesmas funções no Grupo Intertransports Center em Angola. Voltou para a Banca em Março de 2007 como Administrador e posteriormente Vice-Presidente do Banco Regional do Keve S.A, até 2012, onde paralelamente coordena o grupo de trabalhos da ABANC. É Administrador Executivo do BAI desde o ano de 2012. Exerce, cumulativamente, a função de Administrador não Executivo da União Comercial Automóveis, SA e Vogal do Conselho Fiscal do BISTP. 

Wanderley Ribeiro
Presidente da AAPA - Angola

Tecnólogo de formação pela UniCesumar e MBA pela FAAG, Brasil. 
Fez carreira (12 anos) na indústria de petróleo e gás onde actuou em diversas funções de coordenação para inovação e tecnologia. Mudou a sua área de actuação nos últimos 5 anos para o agronegócio onde empreende iniciativas na agro-indústria, associativismo e soluções tecnológicas para o agronegócio. Os seus negócios são especialmente orientados à transformação social por entender ser esta a sua vocação. É sócio-fundador da Kepya, um ecossistema de soluções inovadoras de base tecnológica para o agronegócio; sócio fundador da Bonsae - empresa produtora de cereais em Malanje com especialidade para o arroz, e Presidente da AAPA - Associação Agro Pecuária de Angola. 

PATROCINADORES

PARCEIROS

ACCREDITATION PARTNER

DIGITAL PARTNER

OFFICIAL VEHICLE

TECHNOLOGY PARTNER

MEDIA PARTNER

INSURANCE PARTNER

Para mais Informações

Telemóvel
(+244) 925 117 849

geral@edicenterangola.com



Segue a conferência
E&M nas redes socias!